© Desde 2008 • Facecenter by Leila Vianna •

Rua dos Bandeirantes, 46 - Cambui - Campinas-SP

Segunda - Sexta das 9:00hs as 19:00hs

(19) 3307-9399  •  (19) 9.9135-5930

  • whatsapp-logo
  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle

Site desenvolvido por Freela Media

November 8, 2018

November 8, 2018

October 24, 2018

September 24, 2018

Please reload

Posts Recentes

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Em Destaque

Sobre Acne Fulminans

November 8, 2018

 

 

A acne fulminans nada mais é que a fase mais grave da acne, no entanto, é bastante rara. Causa febre, o aumento de células de defesa no sangue e poliartralgia (dor nas articulações). O tratamento adequado depende do grau em que o paciente está.

 

 

Tratamentos químicos
 

- Caso 1
Após correta avaliação médica, onde só há cravos basta uma limpeza correta da pele, com a retirada completa da maquiagem (se mulheres) e o uso de sabonetes sem óleo e adstringentes. Em graus mais avançados, no entanto, é possível utilizar antibióticos para uso tópico, para que combatam as bactérias formadoras da acne. É importante ressaltar, mais uma vez, que somente o médico pode realizar a avaliação e o tratamento.

- Caso 2
Existem cremes que ajudam desinflamar a acne. Destacam-se aqueles que possuem peróxido de benzoíla na sua formulação.

- Caso 3
Para retirar cravos e manchas, utilizam-se cremes de ácido retinoico e os derivados do ácido azelaico.

- Caso 4
As máscaras, como a de argila, ajudam. Mas, esses produtos não têm competência para extrair cravos mais profundos.

- Caso 5
Os peelings só são indicados para fases posteriores e são usados para retirar manchas e cicatrizes.

- Caso 6
São ainda utilizados produtos antibióticos que têm a função de combater as bactérias e ajudam as glândulas a produzirem menos secreção. Mas, somente o dermatologista pode indicar esse tratamento.

As limpezas de pele só devem ser feitas por esteticistas bem orientados, e devem visar apenas à retirada dos comedões, usando a técnica manual. Não se deve mexer em espinhas, pois podem resultar em inflamações ainda piores, podendo ocasionar pústulas, irritações e até levar à formação de cistos, que só podem ser retirados por cirurgia.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter